sábado, 21 de abril de 2012

Não existe o nada

Sem luz, não há sombra
Sem sombra, não há luz

Não existe o nada
Tudo existe

De uma forma
Ou de outra