domingo, 28 de março de 2010

Ceder

Cedo
Cedo demais

E me sedo
Para fugir dos meus fantasmas

Mas eles têm sede

E querem sempre mais